Curso de Técnico de Turismo »

Formação em Técnico de Turismo | Master D - Rosa Silva

  • A formação em Técnico de Turismo será uma mais-valia para a sua entrada da universidade. Determinada e cheia de vida, assim é a Rosa! 
Compartir: 
 
master d porto, formação a distância, técnico de turismo

O contacto com pessoas de referência na área foi para si muito importante durante a formação, bem como a ajuda das suas Preparadoras. A Rosa terminou a sua formação em Técnico de Turismo e vai agora continuar a sua vida de estudante na universidade numa área que tanto gosta! 

 

O que o levou a escolher a Master D?

O meu objetivo era ir para a faculdade, só que como, infelizmente, não consegui queria tirar um curso que me permitisse depois mais tarde ingressar no ensino superior. E então quando eu ligava e não havia nenhum e de repente apareceu a Master D foi aquela sensação de alívio, digamos assim. De facto, comecei a estudar a matéria e era, de facto, isto que eu queria. Digamos que os Webinares, ou seja, toda a parte sem ser didática, a parte mais do contacto com as pessoas da área foi uma mais-valia, porque meteu aqueles conhecimentos que nós tínhamos adquirido através do computador, você quando vê no computador e quando vê na realidade é uma coisa totalmente diferente e consegue aperfeiçoar e também ficar a conhecer mais sobre aquilo que aprendeu através do computador.

Como foi a sua experiência nas Master D? Quais as dificuldades que encontrou e como as conseguiu superar?

Às vezes era um bocado complicado gerir o cansaço que é do trabalho, porque a pessoa automaticamente tinha que estudar para conseguir as metas, digamos assim. E com a ajuda da Mafalda e também com a Sara, que sempre foram pessoas excelentes comigo, sempre me ajudaram, nunca me negaram qualquer tipo de ajuda. Tentavam sempre comigo, às vezes por mais que eu falhasse, digamos assim. Ou seja, que eu não fosse naquele dia, tentavam aproximadamente dentro dos dias seguintes marcar uma data para eu poder seguir com a formação e chegar a meta pretendida.

Como se sente depois de terminar a formação?

A formação foi muito importante porque, como eu já tinha dito, queria ir para a faculdade e nesse momento consegui ir à faculdade. A formação que me vai permitir assim obter bases, ou seja, eu vou para a faculdade mas já não vou um bocadinho às escuras, já tenho algum conhecimento da área e sempre que eu precisar de algum material posso sempre recorrer aquilo que aprendi na Master D e até ao próprio manual deles.

O que gostaria de dizer a quem pretende iniciar uma formação na Master D?

Eu aconselho aquelas pessoas que como eu, ou até estejam a pensar que tenham uma área que gostem. Uma das formas também de vocês descobrirem se essa é mesmo vossa área podem ir à Master D e mesmo que não for a área ao menos têm conhecimentos e têm uma experiência que certamente vai vos ajudar até no mercado de trabalho. E sempre que… até pode ser uma mais-valia, porque se a pessoa tem um gosto e tem uma oportunidade de poder estagiar e, uma vez que a Master D permite isso, seria também uma oportunidade para quem tem gosto em uma área aproveitar e quem sabe se não será bem-sucedido na área.

Aconselha a Master D?

Gostei muito de cá estar. Foi uma experiência que me vai ajudar muito certamente. Ajudou-me não só a nível de conhecimentos que adquiri, mas também a nível pessoal. A mudar algumas coisas e também aprender algumas coisas que certamente eu vou levar para o futuro e vão ser muito úteis.

Já conhece o Centro Formativo da Master D no Porto? Fica na Rua de Camões 497. Visite-nos! 

Veja agora o vídeo:

 

 
 
Avalie esta notícia:
 
 
 

Novo comentário: