Curso de Energias Renováveis »

Formação em Energias Renováveis | Master D - Cristóvão Andrade

  • Para o Cristóvão, a melhor maneira de aprender é ser o mais autónomo possível, por isso recomenda a Master D. Destaca ainda o apoio incondicional que teve da equipa docente no alcance do seu objetivo!
Compartir: 
 
formação a distância

A sua vida estava difícil mas quando começou a formação em Energias Renováveis, tudo melhorou. A sua determinação e motivação aumentaram e até conseguiu trabalho! 

 

O que o levou a procurar a Master D?

A minha vida estava um bocado complicada e ainda não está fácil, é verdade. Eu estava numa fase de procura de emprego em que as expectativas estão cada vez mais baixas e então já me candidatava para tudo e mais alguma coisa. Foi mesmo por acaso que enviei a candidatura aqui para o curso de Energias Renováveis da Master D.

Foi um tiro no escuro que atingiu o melhor alvo, pode-se assim dizer.

Entrei na formação e acho que foi a melhor opção que podia ter tomado. A minha vida estava difícil, até isso melhorou. Já tive um outro trabalho em part-time desde que estive aqui na formação porque antes andava meses à procura e não conseguia nada. Até nesse sentido, com a motivação que fui tendo ao longo da formação, as coisas foram melhorando e a minha expectativa é que melhorem cada vez mais.

 

Como foi a sua experiência na Master D? O que destaca?

Eu quando vim para aqui já tinha ideia que isto seria um tipo de formação que eu tinha de ser muito autónomo, até independente em alguns aspectos, era praticamente como se fosse trabalhador estudante porque percebi que a formação, que a metodologia da formação e da instituição era nesse sentido. O apoio das pessoas também foi fundamental porque surgiram alturas em matéria teórica e em problemas práticos, práticas em laboratório que também apresentaram a sua complexidade. Foram difíceis para mim, foram coisas novas e complexas e o apoio que me deram nas práticas, a motivação que me deram nos workshops e nos webinares que assisti também foram sem dúvida fundamentais.

Ao fim ao cabo sempre que eu estive a tirar a formação, estando consciente e vim para aqui com essa mentalidade: Uma coisa é vir com vinte ou menos de vinte outra coisa é já com trintas e poucos, que é o meu caso, e já com outra formação e com alguma experiência profissional.

Tentei tratar a formação como se fosse um trabalho, nem sempre era exactamente assim, mas também já não era como se eu fosse um miúdo, um estudante universitário, e portanto toda a mentalidade e objetivos que eu fui tendo ao longo da formação. Agora essa motivação só ficou ainda maior e as expectativas ainda maiores quer pelo certificado que vou receber, quer pela minha motivação de ter completado este ciclo, este percurso.

E as expectativas são muito boas. Eu não sei o que vai haver: disponibilidades de empresas entre outros factores, mas o que diz respeito à minha motivação e capacidade de resolver os problemas, que já não era má antes, com esta especialização que tirei aqui agora e as portas que penso que me pode abrir e a minha motivação e expectativas para o futuro são totais e muito boas.

 

Recomenda a Master D?

A respeito da formação e da instituição em si posso dizer que é muito recomendável.  Digo que a instituição é totalmente recomendável, porém é bom que quem queira vir para aqui, é bom que se lembre que isto aqui implica muito trabalho autónomo. É a melhor maneira de aprender, e claro que depois de já se ter alguma idade, ser-se jovem e já ter alguma experiência de vida e do tramite de estudo claro que ajuda. Mas no que diz respeito a informação que a instituição dá e os meios que disponibiliza, informáticos e condições laboratoriais e isso, se se vier com essa mentalidade pode ser um sitio, uma instituição onde se pode tirar mais valias muito boas e ótimas ferramentas para um futuro profissional, que é como eu me sinto.

 

Já conhece o Centro Formativo da Master D em Lisboa? Fica na Rua de Dona Estefânia, 84 A.

 

Veja agora o vídeo que gravámos com o Cristóvão:

 

 
 
Avalie esta notícia:
 
 
 

Novo comentário: