Curso de Assistente Administrativo e Financeiro »

Formação em Assistente Administrativo e Financeiro | Master D - Joana Grenhas

  • A Joana encontrava-se a trabalhar em restauração mas não se sentia realizada e não tinha nada a ver consigo. Decidiu seguir o conselho de uma amiga que estava a especializar-se na Master D e deu o passo para mudar o rumo da sua vida. 
Compartir: 
 
formação a distância

Considera-se uma pessoa tímida e introvertida, por isso decidiu especializar-se numa profissão em podia estar mais "com ela própria". Optou pelo curso de Assistente Administrativo e Financeiro porque também sempre foi boa a matemática. Obteve muito boas classificações e já está a trabalhar na área.

 

O que a levou a procurar a Master D?

Eu conheci a Master D através de uma amiga, que tirou o curso aqui no centro. Estava numa fase da minha vida em que não sabia bem aquilo que queria. Fui buscar um bocado aquilo que eu sabia, estava na restauração e sabia que isso não tinha nada a ver comigo. Sou uma pessoa um bocado tímida, assim introvertida e pensei em algo que eu gostasse realmente e fui mais por aí. Optei pela administração financeira. Administração porque, lá está é uma área, não mais calma em termos de trabalho mas em que eu estou mais só comigo e financeira porque eu queria ter um bónus, saber mais alguma coisa e também interessada. Não é nada que eu não goste, sempre fui mais ou menos boa a matemática e pronto falei com uma amiga que na altura estava a tirar aqui o curso e eu interessei-me, vi os cursos e optei por este.

 

Como foi a sua experiência na Master D? O que destaca?

Ao longo da formação eu tive, como já disse, trabalhava e era muito complicado para mim gerir o tempo. Ainda por cima uma área em que eu tinha de estar o dia todo em pé e chegava a casa e só me apetecia descansar. Não tinha nem tempo para... mas dei tudo de mim, fiz um esforço

Não conseguia estar muito presente na escola mas ao mesmo tempo tinha o computador e o facto de termos o campus ajudou imenso, tinha tudo. Não podia assistir aos workshops e aos webinares presencialmente mas assistia em casa no sofá, mas estava a estudar e é bom. Passei bastantes horas a estudar. Lembro-me que até a minha preparadora referiu que eu... eu lembro-me que tive um módulo bastante grande que era o de contabilidade e demorei dois meses a aparecer na escola mas eu estava a estudar, mas demorei dois meses. Sentia-me mal porque achavam que eu não estava a estudar e não estava interessada, mas não, eu estava a dar tudo de mim e. É bom ter as preparadoras que estavam sempre connosco, mandava um e-mail à Sara, no caso a minha preparadora, ela estava sempre presente, respondia-me.


Mais para a frente quando terminei a formação já não estava a trabalhar. Saí do meu local de trabalho para conseguir acabar o curso, estar atenta estar só para aquilo e dediquei-me durante duas semanas. Foi o tempo que eu terminei depois de sair do trabalho. Estive só a estudar, terminei o exame final com uma nota muito boa graças a deus. 

Depois de ter terminado senti-me um pouco perdida porque chegou aquela parte do estágio. Já tenho os meus próprios rendimentos, preciso de um trabalho para ganhar o meu salário e estava-me a custar um bocadinho, não que eu não quisesse fazer o estágio, que era a opção que nos davam a seguir a terminar o estágio, não que eu não quisesse mas eu neste momento precisava de um trabalho. Enviei imensos currículos para todo o lado que eu estava interessada claro da minha área e graças a deus consegui um trabalho. Fui a entrevistas e pronto, estou a trabalhar. Tive a sorte de nunca passar por essa fase do estágio, independentemente de ser boa é muito bom para ganhar experiência. O meu medo era esse chegar a uma empresa, falaram bastante nisso no facto de eu não ter experiência, mas eu consegui dar a volta. Consegui o trabalho!

 

Que mensagem gostaria de deixar aos outro formandos?

Quando não nos sentimos bem em alguma coisa ou não estamos motivados com a nossa profissão, no meu caso, eu tive de batalhar muito para conseguir tirar este curso e consegui.

 É só força de vontade querermos muito estarmos decididos em relação ao que queremos realmente. O facto de entrar na escola ajudou-me muito porque eu estava muito baralhada com aquilo que queria. Entrei na escola e os preparadores, pessoal da receção quando eu entrava sempre preocupados. Lembro-me estar aqui e os colegas repararem que eu estava no mesmo curso que eles, no caso era uma rapariga e falámos sobre o curso. É bastante bom! Eu aconselho a toda a gente que não tenham medo, que mesmo que não seja já venham saber, procurar porque a escola tem mesmo muitos cursos e concerteza haverá um para vocês. 

 

Conheça melhor o Centro Formativo da Master D em Lisboa onde a Joana se especializou e invista em si e na sua formação! Encontre-nos na Rua de Dona Estefânia n.º84 A.

 

Veja agora o vídeo que gravámos com a Joana:

 

 

 
 
Avalie esta notícia:
 
 
 

Novo comentário: