Bruno Figueiredo dá-nos a sua opinião acerca do estágio no Pestana Palace

Convidámos o nosso ex-formando Bruno Figueiredo a dar uma entrevista e falar acerca da sua experiência em estágio. O Bruno estagiou no Pestana Palace e confessou-nos que não se importava nada de ficar a trabalhar num hotel de luxo como esse. 
Compartir: 
 
estágio master d no pestana palace

Eu estava numa parte indecisa da minha vida, não estava muito satisfeito comigo próprio. Queria estar a fazer algo que me fizesse feliz porque apesar de não estar mal no trabalho onde eu estava sentia que faltava qualquer coisa. E então, um dia fui à Internet procurar onde poderia fazer algo que eu gostasse e, portanto, hotelaria, que é um dos meus sonhos. Por acaso, encontrei a Master D, fui ao site e vi que tinham um curso. Por acaso nem me inscrevi. O que eu fiz foi receber só a newsletter. Inseri o e-mail para receber as novidades acerca do curso, para ver como é que era o curso.

Mas passados dois dias recebi logo um telefonema. Foi uma oportunidade única e então saltei de cabeça para essa oportunidade e vim cá à Master D conhecer o espaço, conhecer os cursos e, então, inscrever-me. Sempre me imaginei a trabalhar num hotel, num estilo de vida de receber pessoas de várias culturas e ter esse contacto com pessoas. Trabalhar num hotel, trabalhar num sítio lindo que dá vontade de ir trabalhar todos os dias sempre foi um dos meus sonhos. E, então, tive mesmo que ir atrás disso.

Houve momentos difíceis porque houve problemas pessoais a meio da formação que tornou mais difícil a concentração. Mas a ajuda da Master D e dos preparadores, toda a gente foi um espetáculo; foi sempre um grande ombro em que me apoiar.

Correu lindamente! Estagiei no Pestana Palace de Lisboa. Não foi fácil, especialmente porque se eu não tivesse a preparadora que tive poderia não ter conseguido. Ela acreditou mais nas minhas capacidades e em mim e, com um bocadinho de sorte, consegui o estágio no Pestana Palace. Não tinha sido uma das escolhas, pensei que não era sortudo o suficiente para conseguir estar num sítio daqueles. O estágio correu lindamente, as pessoas lá são espetaculares, acolhedoras, preocupam-se connosco.

O estágio correu mesmo muito bem. De momento vamos descansar durante uns tempos e pensar no próximo passo. Mas, sem dúvida, se tivesse a oportunidade de trabalhar no Pestana Palace ou noutro hotel do mesmo estilo seria muito bom. Mas há mais planos para além disso, se não seguir este, não ficarei quieto.

Isso não.

 

Veja o vídeo da entrevista: 

https://www.youtube.com/watch?v=Ioe972a9Qk4&t=2s

 

 

 
 
Avalie esta notícia:
 
 
 

Novo comentário: